HISTORIAL DO RANCHO FOLCLÓRICO DO PORTO

O Rancho Folclórico do Porto foi fundado a 24 de junho de 1982 e apresentou-se à cidade a 24 de junho de 1984. O seu lema é “Sempre Leal” aos Costumes que são Povo, e o seu objetivo é preservar e difundir as antigas tradições da cidade do Porto, relacionadas com a cultura popular.

 

O repertório folclórico engloba Danças, Cantares, Pregões, Cantar de Janeiras, Desfolhadas, Magustos e a celebração de festas aos Santos Populares. No entanto, a sua atividade cultural não se restringe ao folclore. Criou os espetáculos Fado do Porto, Um Porto de VinhoPoetas do Romântico Portuense e As flores do meu Jardim, assim como revisitações de vários poetas do Romântico Portuense. Organizou espetáculos históricos de comemorações como as Lutas Liberais e Implantação da República, e as rememorações Invasões Francesas e 1ª Guerra Mundial. De igual forma, o Rancho Folclórico do Porto celebra festas religiosas como Missas, Batizados e Autos relativos ao Natal e à Páscoa. 

Os seus trajes foram reconstituídos a partir de postais ilustrados e do livro O Traje Popular em Portugal, de Alberto de Sousa. 

Já se apresentou em todo o território nacional, incluíndo as Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, e ainda nos países: Alemanha, Áustria, Bélgica, Brasil, China, Croácia, Egito, Espanha, França, Grécia, Hungria, Reino Unido, Itália, Luxemburgo, México, Polónia, Suíça e Rússia.

É convidado habitual nos
 canais de televisão portugueses e já atuou para a televisão alemã, austríaca, brasileira, chinesa, croata, egípcia, escocesa, francesa, galega, húngara, espanhola e mexicana. Para memória futura já gravou quinze trabalhos discográficos. 

© 2020 Rancho Folclórico do Porto por Lara Arriscado